Sundevilla

Sundevilla

Generalidade

Sundevilla representa uma planta tipicamente trepadeira e caracteriza-se por ser extremamente decorativa: na maioria dos casos, de facto, esta planta é cultivada justamente para fins ornamentais.

Em particular, este alpinista pode ser facilmente encontrado perto de áreas costeiras e, de forma mais geral, dentro de todos aqueles lugares que são caracterizados por um clima tipicamente ameno.

Uma das principais características desse escalador é, no entanto, ser de origem tropical, além de se desenvolver com grande facilidade e rapidez.

É uma planta que, se não for submetida a podas constantes, pode atingir até mais de quatro metros de altura, embora tenha folhas caracterizadas por uma típica cor verde intensa.

A produção das flores ocorre durante a primavera, com o nascimento de pequenas flores, com formato tradicional de trompete e uma cor que fica entre o rosa e o vermelho.

Ao contrário da Dipladenia Mandevilla, esta trepadeira caracteriza-se por produzir flores muito menos vistosas e por apresentar folhas notavelmente menos enrugadas.


Exposição

É uma trepadeira que deve ser colocada em uma área fortemente iluminada, talvez com luz difusa, sem ser exposta diretamente aos raios solares.

É essencial garantir um bom nível de sombreamento durante as horas mais quentes do verão.

No entanto, também se adapta a essas áreas totalmente sombreadas, pois ainda consegue desenvolver a produção de flores, ao contrário de muitos outros trepadeiras que, quando colocados inteiramente à sombra, não conseguem florescer.


Rega

Sundevilla deve ser regado de forma consistente e regular.

Em particular, a rega deve ser realizada a cada vinte dias, a fim de sempre atender às necessidades de água da planta.

Além disso, Sundevilla se caracteriza por ter a necessidade de ser cultivada em um ambiente extremamente úmido.

Além disso, é sempre necessário aplicar nebulizações frequentes, sempre tendo em conta a importância de ter uma certa consistência na realização desta operação, mas evitando o uso de água fria.


Solo e poda

Esta planta adora especialmente aqueles substratos macios e bem drenados com um excelente nível de drenagem. Igualmente importante para garantir a produção de novos brotos é a operação de poda, que permite uma floração mais abundante.

Esta operação deve ser realizada na fábrica de Sundevilla, sempre após o período de floração, cortando os ramos de forma limpa.


Multiplicação

Esta trepadeira caracteriza-se por ter as mesmas características de outras espécies semelhantes, como a Dipladenia Mandevilla: em poucas palavras, a multiplicação pode ocorrer tanto por semente como por estacas.

A semeadura é uma operação que deve obrigatoriamente ser realizada durante a primavera e é realizada após a preparação de um solo particularmente macio, no qual serão inseridas quantidades iguais de areia e turfa.

A germinação das sementes ocorre na maioria dos casos, especialmente quando é garantido que o canteiro seja colocado em um ambiente particularmente quente, no qual as temperaturas não devem cair abaixo de vinte e dois graus centígrados.

As plantas que nascerão produzirão flores durante o terceiro ano.

Já a multiplicação realizada por estacas deve ser realizada sempre na fase inicial da primavera: é imprescindível cortar alguns ramos que se localizam na parte lateral da planta, utilizando tesouras (certificando-se de que eles estão sempre afiados e desinfetados previamente).

Devem ser extraídos estacas com comprimento de pelo menos dez centímetros.

A próxima fase será a do enraizamento: as estacas devem ser colocadas dentro de um recipiente especial, previamente preenchido com turfa e areia (em quantidades iguais) e deve ser mantida uma temperatura mínima de vinte graus centígrados.

Uma vez ocorrido o enraizamento, será fundamental providenciar a cabeceira da gema mais importante, com uma finalidade essencialmente estimulante para o desenvolvimento dos ramos que se encontram em posição lateral.


Sundevilla: Parasitas

O Sundevilla, tal como a espécie Dipladenia, consegue desenvolver-se com excelentes resultados quando é tratada da melhor forma, nomeadamente aplicando tratamentos que permitem manter os fungos e parasitas o mais longe possível.

A maioria dessas plantas é afetada por parasitas que atacam sobretudo os ápices e os ramos mais jovens: a principal consequência é representada pelo amarelecimento das folhas e sua consequente queda.

Os parasitas que podem causar o maior número de danos a este trepador são, portanto, a cochonilha e a aranha vermelha e, em ambos os casos, o objeto de seus ataques é representado pelas folhas, principalmente na página inferior.


Sundevilla, também conhecido como "Sundaville“, É uma planta trepadeira de rápido crescimento, nativa de países tropicais.

Aparece com galhos longos e densamente entrelaçados que podem atingir 4 m de comprimento. Destes desenvolvem o sai, denso e coriáceo, de cor verde brilhante com superfície lisa. A flores são formados por cinco pétalas vermelhas ou rosa e têm a forma clássica de trompete. Essas inflorescências florescem abundantemente da primavera ao outono.

Sundevilla é cultivado devido às suas características decorativas e usado para fins ornamentais, especialmente nas áreas costeiras. Esta planta não deve ser confundida com a dipladenia mandevilla, com características semelhantes mas com folhas mais enrugadas e flores mais vistosas.

Cultivo

Multiplicação

O sundevilla propaga-se por sementeira e corte. Lá semeadura isso é feito na primavera, colocando as sementes em um solo composto de areia e turfa. O canteiro deve ser colocado a uma temperatura não inferior a 22 ° C. Multiplicação por corte é realizado no início da primavera, cortando porções apicais dos ramos laterais em torno 10 cm.

Essas estacas devem ser inseridas em uma mistura de areia e turfa e mantidas a uma temperatura de 20 ° C. Uma vez que o enraizamento tenha ocorrido, é aconselhável cortar o tiro principal a fim de favorecer a produção de ramos laterais.

Exposição

Esta planta prefere ambientes com muita luzdesde que não sejam expostos ao sol direto. Ele não gosta de ambientes ventilados e aqueles muito baldes.

Chão

Cresce bem em solos leves misturados com areia e turfa, desde que sejam bem drenados ainda melhor se ricos em substância orgânica.

Irrigação

O sundevilla precisa rega constante a ser realizada em dias alternados. Por ser uma planta que aprecia ambientes úmidos, é aconselhável borrifar as folhas com água em temperatura ambiente uma vez por semana. Cuidado com a rega excessiva, pois esta planta teme estagnação da água.

Fertilização

Recomenda-se administrar fertilizante específico para plantas com flores a cada 20 dias, desde o início da primavera até o final da floração.

Poda

Para estimular a emissão de novos brotos e garantir uma nova floração abundante, é necessário podar os ramos do novo ano. cerca de 5 cm do solo. Se, por outro lado, você quer uma planta perene presa a treliças e paredes, a cobertura dos ápices é suficiente.

Doenças parasitárias

O sundevilla não aguenta eu podridão de raiz que se manifesta com o amarelecimento e queda das folhas, por isso é bom garantir um solo bem drenado e evitar regas excessivas.
Ele teme o ataque de alguns parasitas, como o cochonilha é aranha vermelha.


Características da Dipladenia - Mandevilla splendens

É uma planta de casa cultivada em vasos e em áreas de clima ameno, mesmo ao ar livre em terraços e em Jardim. É uma planta trepadeira exótica da família de Apocynaceae.

Dipladenia é uma trepadeira perene, rica em folhas ovais, opostas, brilhantes, de margens inteiras, de cor verde escura.

A flores perfumados e reunidos em pontas apicais ou axilares, eles têm a forma de uma trombeta e florescem nos caules delgados em diferentes tons de cores que variam do branco narciso ao vermelho brilhante com uma garganta amarela.

Dipladenia Mandevilla em floração

A floração começa no verão e dura até o final do outono se o clima for ameno.


MANDEVILHA CRESCENTE: UMA ESCALADA PARA O TERRAÇO

Mandevilla adora ambientes claros, mas protegido da luz intensa do sol, talvez por uma parede ou cortina de luz. Ele cresce muito rápido e pode encher uma parede nua de verde em alguns meses. Assim que plantado é necessário colocar uma cinta para que tome forma.

Mandevilla deve ser plantada preferencialmente em abril e requer solo fértil e bem drenado, às vezes até com base argilosa, para evitar a estagnação da água. Na ocasião do repotting, foi utilizado um fertilizante de liberação lenta.

Durante o período de floração, o solo deve ser enriquecido com um fertilizante líquido para plantas com flores, a ser adicionado à água para irrigação.

Mandevilla deve ser regado com uma certa continuidade, mas não excessivamente: é bom esperar que o solo da base esteja seco para adicionar água nova.

Mandevilla pode resistir bem a vários tipos de doenças e fungos, mas pode ser atacado por ácaros, pulgões e cochonilhas em climas quentes e secos. Nestes casos, é aconselhável deslocar a planta para locais com sombra, antes de tratá-la com produtos específicos.


Sundevilla vermelha em vaso de madeira

Elegância de escalada! Sundevilla é a planta ideal para trazer a primavera aos nossos terraços, varandas ou jardins! Elegante e requintada com os seus ramos verdes entrelaçados, é uma planta de rápido crescimento capaz de se adaptar a diferentes climas desde a sua origem tipicamente tropical. As folhas densas, lisas e rígidas de um belo verde brilhante emolduram suas belas flores em forma de trombeta, cuja cor pode variar do branco ao vermelho rubi. O poder decorativo desta planta é ainda reforçado pelo seu hábito de trepar, que lhe permite decorar floreiras e determinadas estruturas típicas de jardim.

Se bem cuidada, a Sundevilla floresce abundantemente da primavera ao final do outono.

Envio grátis para encomendas superiores a € 99,00. Itens com frete grátis não podem ser combinados.
Os horários indicados referem-se exclusivamente ao atendimento do nosso correio de referência.

Exposição
É uma planta ornamental que adora lugares claros, mas não exposta à luz solar direta. Resiste bem mesmo em áreas sombreadas.

Sundevilla é uma planta que exige muita água; na verdade, requer rega regular em dias alternados. Ama a umidade, vaporiza regularmente as folhas e tem medo da estagnação da água.

Fertilização
Desde o reinício vegetativo até o final da floração, o solo de cultivo deve ser enriquecido com um fertilizante específico a cada 20-30 dias.

Temperatura
Tem medo do frio, mas também de ambientes muito secos ou excessivamente ventilados.

Solo superficial
Prefere solos leves, misturados com turfa e areia, ricos em matéria orgânica e bem drenados.

NOME CIENTÍFICO: Mandevilla sanderi
NOME COMUM: Sundevilla ou Sundaville
FAMÍLIA: APOCINAEE
PAÍS DE ORIGEM: Argentina, México e Brasil

Sundevilla ou Sundaville como é frequentemente chamada, é uma planta de desenho decorativo e vivo, cultivada para fins ornamentais em zonas costeiras e de clima ameno. flores em forma de trombeta cuja cor varia do rosa ao vermelho rubi, floresce da primavera ao outono.

Sundevilla é uma planta de crescimento muito rápido e capaz de se adaptar a climas ainda diferentes de seu original, tipicamente tropical para viver ao ar livre, ainda necessita de temperaturas e ambientes amenos, sem variações excessivas de temperatura. A poda é uma operação fundamental para esta planta, que pode ser mantida em diversos tamanhos: se não for podada, a Sundevilla pode até atingir quatro metros de altura.

Rega regular, acompanhada por nebulizações frequentes. Ama a umidade, mas teme a estagnação da água. É feliz tanto em áreas muito claras como em áreas com pouca luz. É importante mantê-lo longe da luz solar direta, que pode queimar as folhas.


Sundevilla em vaso de madeira

Elegância de escalada! Sundevilla é a planta ideal para trazer a primavera aos nossos terraços, varandas ou jardins! Elegante e requintada com os seus ramos verdes entrelaçados, é uma planta de rápido crescimento capaz de se adaptar a diferentes climas desde a sua origem tipicamente tropical. As folhas densas, lisas e rígidas de um belo verde brilhante emolduram suas belas flores em forma de trombeta, cuja cor pode variar do branco ao vermelho rubi. O poder decorativo desta planta é ainda reforçado pelo seu hábito de trepar, que lhe permite decorar floreiras e determinadas estruturas típicas de jardim.

Se bem cuidada, a Sundevilla floresce abundantemente da primavera ao final do outono.

Envio grátis para encomendas superiores a € 99,00. Itens com frete grátis não podem ser combinados.
Os horários indicados referem-se exclusivamente ao atendimento do nosso correio de referência.

Exposição
É uma planta ornamental que adora lugares claros, mas não exposta à luz solar direta. Resiste bem mesmo em áreas sombreadas.

Sundevilla é uma planta que exige muita água; na verdade, requer rega regular em dias alternados. Ama a umidade, vaporiza regularmente as folhas e tem medo da estagnação da água.

Fertilização
Desde o reinício vegetativo até o final da floração, o solo de cultivo deve ser enriquecido com um fertilizante específico a cada 20-30 dias.

Temperatura
Tem medo do frio, mas também de ambientes muito secos ou excessivamente ventilados.

Solo superficial
Prefere solos leves, misturados com turfa e areia, ricos em matéria orgânica e bem drenados.

NOME CIENTÍFICO: Mandevilla sanderi
NOME COMUM: Sundevilla ou Sundaville
FAMÍLIA: APOCINAEE
PAÍS DE ORIGEM: Argentina, México e Brasil

Sundevilla ou Sundaville como é frequentemente chamada, é uma planta de desenho decorativo e vivo, cultivada para fins ornamentais em zonas costeiras e de clima ameno. flores em forma de trombeta cuja cor varia do rosa ao vermelho rubi, floresce da primavera ao outono.

Sundevilla é uma planta de crescimento muito rápido e capaz de se adaptar a climas ainda diferentes de seu original, tipicamente tropical para viver ao ar livre, ainda necessita de temperaturas e ambientes amenos, sem variações excessivas de temperatura. A poda é uma operação fundamental para esta planta, que pode ser mantida em diversos tamanhos: se não for podada, a Sundevilla pode até atingir quatro metros de altura.

Rega regular, acompanhada por nebulizações frequentes. Ama a umidade, mas teme a estagnação da água. É feliz tanto em áreas muito claras como em áreas com pouca luz. É importante mantê-lo longe da luz solar direta, que pode queimar as folhas.


Vídeo: How to grow a beautiful weigela.